segunda-feira, 12 de junho de 2017

A colcha de retalhos

A colcha de retalhos - Acróstico de Anibal Tosetto

Acróstico de Anibal Tosetto:

Aquela colcha de retalhos que tu fizeste

Costurando, juntando pedaço em pedaço...
O cancioneiro popular - sem dúvida alguma, inspira os
Legisladores fazedores de leis e emendas na
Carta Magna, acionados por oportunidades e malfeitos.
Hábeis em criar e reformar, são precisos ao costurar
As indispensáveis brechas entre os retalhos,

De forma que, à primeira vista, permaneçam ocultas
E, na Corte, quando o mais inspirado e arguto Ator,

Ruborizado de vergonha - ou não, ao saca-las das Leis
E da Magna Constituição, uma das partes interessadas
Terá, naquele exato momento, a plena certeza que
A decisão lhe será favorável. E se a vítima for a Nação?
Logo, as decisões políticas e calcadas nessas brechas,
Horripilam os Valores Morais e Éticos da Nação;
O cinismo, juntado às justificativas, pisca para os
Seletos membros de impunes seitas.

Veja também:

2 comentários:

  1. BONS TEMPOS
    Crise no Rio seria resolvida se cidade virasse segunda capital, diz pesquisador


    Para ler o texto completo, acessar o site do Consultor Jurídico, nesse link:

    http://www.conjur.com.br/2017-jun-10/elevar-rio-segunda-capital-extinguiria-crise-pesquisador

    Ao ler tal proposta, não resisti e...

    Boa Ideia!
    Após algumas manobras, leiloar!

    Vejamos,


    1. A Corte chegou de Portugal, e nada boba, escolheu o Rio de Janeiro.
    2. JK deu ouvidos ao santo italiano que sonhou o que hoje é Brasília, a Capital.
    3. Agora, sem essa de duas capitais. É voltar a Capital para o Rio de Janeiro, onde tudo isso que assistimos teve início.
    4. E, assim, por um fim na brincadeira.
    5. Terminada a brincadeira, fundar uma nova Capital e, desta vez, lá no Acre. Bem na fronteira com a Bolívia.
    6. Pensando bem, seria melhor cancelar o Tratado de Petrópolis, pegar de volta 4 milhões de libras esterlinas que foi pago à Bolívia (já incluídos os 2 milhões pagos para um Sindicato de lá), e entregar todo o Brasil para a Bolívia.
    7. Numa dessas, o Temer entregaria a presidência de cabeça erguida e com a ficha limpa.
    8. Aí, inevitavelmente, o Evo Morales não conseguiria governar e decidiria vender tudo, através de um Leilão Internacional.
    9. Ou, os EUA do Trump acabaria arrematando, ou a Rússia do Putin.
    10. Se a Rússia arrematasse, então seria exigido que Cuba avalizasse. No caso dos EUA, o avalista deveria ser o México.

    E estaríamos todos resolvidos. O problema seria ter que aprender falar e escrever em russo, porque se for o inglês, é baba! Afinal, praticamente já falamos inglês e só faltaria desenvolver um pouquinho mais o nosso domínio em embromeichon!

    AHT
    12/06/2017

    ResponderExcluir
  2. MENTIRAS TRÁGICAS ⬅ ➡ CRISE

    Mas, até o Temer mente?
    E desmente.
    Notório Lula mente?
    Também desmente.
    Iludem eleitores
    Rapinando valores,
    Abafando rumores
    Segredando fétidos odores.

    Tribunos outros, contemporizadores
    Rezingando sob refletores
    Ácidas farpas e rememores:
    Graves rixas anteriores.
    Insidiosos, traiçoeiramente
    Chancelando acintosamente
    As teses criminosamente
    Sacrificantes à Nação. Solenemente.
    ⬇⬆
    Crise moral e ética
    Refletindo ações e reações
    Improbas desde tempos
    Sob colonizadores, aventureiros
    E até os atuais e insaciáveis corruptos.

    AHT
    13/06/2017

    ResponderExcluir

O seu comentário construtivo será bem vindo. Não publicaremos ofensas pessoais ou dirigidas para qualquer entidade. EVITE ESCREVER SOMENTE COM MAIÚSCULAS. Não propague spam. Links e assuntos não relacionados ao tema da postagem serão recusados. Não use termos chulos ou linguagem pejorativa.