domingo, 1 de janeiro de 2017

A importância do primeiro clipe na trajetória de um político - A Arquitetura da Propina

A importância do primeiro clipe na trajetória de um político - A Arquitetura da Propina
Clique na imagem para ampliar.

Por Aníbal Hercules Tosetto *

É feriado, 1º de janeiro. O cidadão eleito prefeito toma posse.

Dia seguinte. Prefeito eleito comparece à prefeitura. Faz o reconhecimento do gabinete, se depara com o mapa do município pendurado na parede, respira fundo e diz, emocionado, "Graças às urnas ganhei tudo isso para governar! Que presentão... quer dizer... que desafio!"

Controla a emoção, vai até a mesa de trabalho, ajeita e senta na confortável cadeira giratória. Ensaia poses e semblantes dignos de um prefeito democraticamente eleito. Dá três giros na cadeira, vibra igual um menino visitando o escritório do papai. Sente e curte o molejo gostoso da cadeira e se lembra da mamãe querida, repetindo baixinho o que ela dizia para a comadre e a respeito dele, "Veja como esse meu filho e vosso afilhado é abençoado, esperto, sapeca. Que criança alegre, feliz!"

Antes que alguém entre, abre a gaveta da mesa, vê uma caixinha de clipes, pega e abre, tira e segura um clipe, que aperta entre seus dedos polegar e indicador da mão esquerda, e sussurra... "O meu pai falava que um clipe além de prendedor de papéis, tem outras funções, serve até para prender gravatas! Um dia terei um prendedor de gravatas de ouro e cravejado de diamantes... Clipe, ó clipe! Graças às urnas, você é meu!" - e dá um selinho no clipe. Tira a carteira do bolso esquerdo da calça, confere e confirma, além da foto com esposa e filhos, Habilitação e duas notas de 20 reais. Guarda o clipe em um compartimento da carteira. Fecha a caixinha de clipes e, juntamente com a carteira, coloca no bolso esquerdo da calça.

Nesse primeiro expediente, ele se ocupa em receber a imprensa, correligionários e funcionários municipais mais graduados, o juiz, padre, pastores e delegado, enquanto a simpática copeira da prefeitura serve café e bolacha maria para o prefeito e a cada uma de suas visitas. A copeira não consegue se segurar e murmura para o prefeito, "Estou caprichando, preciso de aumento de salário, nem que seja por fora...".

Final do primeiro dia de expediente. O sorriso dele é largo, olhos radiantes e sobrando alegria. Parece um adolescente depois do primeiro beijo ganho da primeira namorada. Sai da prefeitura e passa na loja de materiais para construção, de sua propriedade. Vai até o escritório da subgerente da loja. Ao tirar a caixinha de clipes do bolso esquerdo da calça, se descuida e deixa cair a carteira. Rapidamente pega a carteira do chão, mas a subgerente vê a carteira recheada com notas de 100 reais. Prefeito sorri para e, diz: "Boa tarde! Enquanto estive na prefeitura, a loja vendeu bem?... Aqui estão os clipes que você pediu para comprar. Não desperdice esses clipes, viu?".

Vai para a casa, dá um beijo na esposa, filha e filho caçula. Toma banho. O jantar é servido. O prefeito se despede e vai para a reunião de balanço da campanha eleitoral e garantir um Legislativo pró Executivo. No Diretório do partido, cumprimenta o presidente, secretário, tesoureiro e quatro vereadores eleitos. Conversam um pouco enquanto aguardam o ex-prefeito, também do mesmo partido. Ex-prefeito chega, é o primeiro a ser cumprimentado. O ex-prefeito quase encosta a boca no ouvido dele e, cochichando, pergunta: "Companheiro, você encontrou a caixinha de clipes que deixei de presente para você? Para o próximo prefeito, não importa se for de outro partido, não quebre essa tradição, que significa um poderoso bastão da sorte e deve ser passado de mão em mão."

Moral da História: Na vida de um político é inesquecível o primeiro clipe ganho de presente. O primeiro clipe dá sorte e ânimo para iniciar a trajetória política e obtenção de muitos e muitos outros presentes. Os demais clipes ganhos é sinal que o político é bem-sucedido, segundo uma crença surgida em Brasília e rapidamente se espalhou por todo o Brasil.

Nota: Qualquer semelhança com pessoas ou fatos reais terá sido mera coincidência.

* Colaboração feita ao Tosetto.com em 01 de janeiro de 2017.


Veja também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O seu comentário construtivo será bem vindo. Não publicaremos ofensas pessoais ou dirigidas para qualquer entidade. EVITE ESCREVER SOMENTE COM MAIÚSCULAS. Não propague spam. Links e assuntos não relacionados ao tema da postagem serão recusados. Não use termos chulos ou linguagem pejorativa.